quarta-feira, dezembro 17, 2008

Travessia do Atlantico Norte


No dia 8 de Maio 1919, os hidroaviões Curtiss NC-1, NC-3 e NC-4 descolaram de Rockway para Halifax (Nova Escócia) como primeira etapa, tendo o NC-4 tido uma avaria no motor que o obrigou a ficar em Chatham, Massachusetts, para reparação do mesmo.
No dia 10 de Maio, os NC-1 e NC-3 voaram para Trepassey em Newfoundland. Entretanto foram colocados 21 navios destroyers entre Cape Race e a ilha do Corvo (Açores), a intervalos de 50 kms para segurança do voo. No dia 16 de Maio, depois da chegada do NC-4 a Trepassey, saíram os três aviões para a grande travessia. O NC-3 desviou-se da rota dos navios e acabou por aterrar com dificuldades no Corvo, tendo ficado completamente danificado. O NC-1 consegui amarrar perto do Corvo sem problemas mas a ondulação não permitiu a sua descolagem, tendo andado à deriva até atingir a ilha de São Miguel e Ponta Delgada em 19 de Maio. O NC-4 conseguiu atingir as Flores, Faial e São Miguel, tendo amarado na Horta às 12h00 do dia 17 de Maio.

O Curtiss NC-4 foi o primeiro avião a fazer a travessia do Atlantico Norte (por etapas).

A chegada do Curtiss NC-4 a Lisboa em 27 de Maio de 1919.

A chegada do Curtiss NC-4 a Lisboa visto por um artista.

No dia 20 de Maio o NC-4 partiu para Ponta Delgada, de onde só descolou a 27 de Maio às 8h18, devido às condições meteorológicas, estando já estabelecida uma cadeia de navios de apoio entre os Açores e Lisboa. Ás 19h39 desse dia o NC-4 avistou o cabo da Roca, tendo amarado no rio Tejo às 20h01. Ver relato completo da viagem aqui. Como é sabido, a primeira travessia do Atlantico Sul, foi efectuada por um hidroavião monomotor Fairey F III-D MkII, pilotado por Gago Coutinho e Sacadura Cabral em Março de 1922.

1 Comments:

Anonymous Fernando Teixeira said...

Meu Caro José Santos,

Acabo de visitar o seu blog e achei muito interessante o que nele se diz sobre a viagem do NC-4, desde Rockaway Beach até Plymouth, com as 4 escalas em Portugal. Eu próprio, piloto, sou um membro da família Read e como tal ancestralmente ligado ao lieutenant commander Albert Cushing Read.
Recomendo-lhe muito vivamente a leitura da obra "The Triumph of the NC's", escrita em 1920 pelo A.C.Read e outros dois protagonistas da saga dos Nancies. Pode encomendar este livro à amazon.co.uk.

1:12 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home